2012/08/03

Deputados gaúchos que aumentaram os próprios salários em 2010 concorrem a cargos políticos nas Eleições 2012


Não bastou se apoderar das vantagens do legislativo...

Há exatamente um ano, um fato incomum, mas não impensável, acontecia no Rio Grande do Sul: o músico Tonho Crocco era processado por escrever uma letra criticando o aumento abusivo dos salários dos parlamentares gaúchos, que, na época, elevaram seu soldo em 73% na maior cara dura. (Saiba mais)

Primeiramente, em janeiro de 2011 eu comentei aqui no blog sobre este reajuste, no mínimo, antiético que os deputados gaúchos aprovaram em dezembro de 2010 (leia o texto). No post eu trago a lista completa dos parlamentares que NÃO aprovaram o reajuste, e, obviamente, os que responderam SIM na votação, os quais devem ser lembrados sempre que houver eleições.

Como já era de se esperar, em 2012, alguns desses políticos estão concorrendo à cargos públicos novamente. E agora é a hora de você lembrar quais são as laranjas podres e jogá-las fora do meio político gaúcho, pelo menos por enquanto. Trago agora a lista negra da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, NÃO VOTE NELES:

Marco Alba (PMDB) - Candidato a prefeito de Gravataí. Depois de três mandatos na Assembleia Legislativa, Marco tenta ingressar no Poder Executivo da cidade onde trabalhou como servente de obras e auxiliar de topografia.

Francisco Appio (PP) - Candidato a prefeito de Vacaria. Appio já fora deputado estadual por três mandatos, e federal em um mandato. É a segunda vez que concorre à prefeitura de Vacaria, em 1988 ele perdeu o pleito por menos de 3% dos votos. Em 2012, ele entrou de gaiato na candidatura, já que José Aquiles Susin desistiu em cima da hora, pela coligação Juntos Por Vacaria.

Paulo Brum (PSDB) - Candidato a vice-prefeito em Candiota. O candidato a prefeito é Luiz Carlos Folador, pela coligação A Força do Povo.

Luciano Azevedo (PPS) - Candidato a prefeito em Passo Fundo. Luciano largou o segundo mandato como deputado estadual para tentar a prefeitura de Passo Fundo. Além de deputado, ele é advogado e jornalista, ainda atua como radialista na Rádio Uirapuru FM.

Francisco Pinho (DEM) - Candidato a vice-prefeito em Gravataí. Seu parceiro de chapa é o supracitado Marco Alba. Francisco é o atual presidente dos Democratas em Gravataí, e, além de um mandato como deputado estadual, também atual por cinco madatos como vereador da cidade.


Que fique bem claro que não estou fazendo nenhuma forma de apologia, ou torcida, para algum candidato que não fora citado. Só trago essa breve lista para alertar os eleitores das respectivas cidades, que seus possíveis prefeitos já tiveram o poder nas mãos, e não usaram como deviam, em prol do povo.


Fontes: Ache Candidatos e sites pessoais dos candidatos.












Nenhum comentário:

Postar um comentário