2012/03/19

Cen&xemplo - Encontros Macabros




“Encontros Macabros” é um terror canadense de 2011, escrito e dirigido por Colin Minihan e Stuart Ortiz, ou The Vicious Brothers. Fazem parte do elenco: Sean Rogerson, Juan Riedinger e Sasha Parker.

O filme remonta o estilo de suspense de “Bruxa de Blair”, “Atividade Paranormal” e “R.E.C.”, onde as cenas são supostamente reais, uma ou várias câmeras acompanhando os personagens e gravando tudo o que se passa, inclusive as manifestações paranormais que os amedrontam.

Claro que “Encontros Macabros” não deve ser comparado, em expressão, a esses outros filmes. Mas, com certeza, não fica pra trás no quesito “assustar”. Apesar de receber muitas críticas dizendo que é fraco e sem originalidade, eu gostei muito do filme. A final, quem assiste a um filme de terror não procura nada mais que susto.

Se formos analisar a originalidade, vamos deixar de ver muitos filmes bons que têm por aí, principalmente no gênero do terror, onde é impossível deixar de usar alguma cena clichê já feita em outras produções, como “a janela que abre sozinha”, entre outras.


Bom, mas vamos falar do filme. Grave Encounters é um reality show que mostra lugares com supostas assombrações à noite. Seu idealizador, Lance Preston (Sean Rogerson) é um cético, que apresenta o programa sabendo que nada de paranormal acontece nas locações onde grava.

Até que ele descobre o Hospital Psiquiátrico Collingwood, um lugar abandonado onde, há muitos anos, um neurologista fazia tratamento de lobotomia em pacientes transtornados. Como em outros programas, Lance reúne sua equipe e monta seu set de filmagens no antigo sanatório.

O programa passava a noite nos locais, gravando tudo com câmeras fixas e cada integrante da equipe também portava uma câmera com visão noturna. A proposta era ficar trancado a noite inteira, sem ter como sair, apenas esperando às 6h para que o zelador os liberassem de lá.

Câmeras instaladas, tudo pronto para a gravação do programa. Então Lance começa sua ronda pelo prédio para fazer as tomadas dos corredores. E a partir daí os que antes faziam de tudo para inventar o suspense das cenas, agora se vêem diante de algo realmente paranormal.








Nenhum comentário:

Postar um comentário