2011/12/19

Cen&xemplo - O Milagre de Anne Sullivan




O Milagre de Anne Sullivan é um drama biográfico americano de 1962 dirigido por Arthur Penn e protagonizado por Anne Bancroft e Patty Duke, por sinal, duas ganhadoras do Oscar de 1963, Anne como melhor atriz, e Patty como atriz coadjuvante. Aliás, o filme ainda concorreu em outras três categorias, melhor diretor, roteiro adaptado, e figurino.

O filme é baseado no livro de Helen Keller, The History of my Life, que também foi adaptado para uma peça teatral de William Gibson. Ele conta a história de uma menina que nasceu surda e cega e, ao invés de receber uma educação adequada, sempre foi mimada pelos pais.

A menina Helen (Patty Duke) viveu uma história muito triste no estado americano de Massachusetts. Sua mãe, Kate Keller (Inga Swenson) entra em pânico quando descobre que Helen, ainda no berço, não via seus movimentos nem ouvia seus gritos. Kate, juntamente com seu marido, Capitão Keller (Victor Jory), impuseram a Helen uma infância com muitos mimos e cuidados, o que, certamente, não fez bem a seu comportamento.

Quando os pais de Helen não aguentam mais viver com uma menina agressiva e sem educação, decidem contratar uma professora pra ela. Anne Sullivan (Anne Bancroft) veio de Boston para esta tarefa quase impossível: educar uma menina sem que ela ouça nem veja nada. O começo foi muito complicado, Helen não aceitava de maneira alguma a presença de uma nova pessoa em seu convívio, ainda mais lhe ditando regras, regras estas que ela nunca recebeu de sua família.

Anne era cega quando criança, por isso seus pais a abandonaram, junto com seu irmão deficiente físico, em um orfanato de crianças especiais. Um lugar imundo e cruel que deixou lembranças horríveis a ela, inclusive a morte do irmão. Por isso Anne encontra dificuldades em passar o conhecimento das libras para Helen, pois tem que superar suas próprias lembranças. Mesmo com dificuldades ela persiste na tarefa, e consegue se aproximar de Helen, protagonizando uma das maiores histórias de vida e superação que já existiu.







Nenhum comentário:

Postar um comentário