2011/08/11

Obera en Cortos - Competição Latinoamericana 2


    Continuando as resenhas sobre a competição latinoamericana dos curtas exibidos no Festival Oberá en Cortos, que ocorreu no mês passado, na cidade de Oberá, Missiones, ARG.


Goles y Metas (Objetivos e Metas)



    O curta portenho de seis minutos tem direção de Ginger Gentile e Gabriel Balanovsky, e fala da dificuldade que algumas meninas de Buenos Aires encontram para treinar futebol na capital portenha. O time começou com um grupo de meninas que batiam bola na favela Villa 31, onde em 2005 uma mestranda americana fundou oficialmente, juntamente com um amigo da UNICEF, o time Las Aliadas, que hoje conta com 40 meninas que treinam e participam das competições.

    O filme mostra a dificuldade que elas encontram para treinar, pois não possuem campo próprio, apenas uma área cedida pela prefeitura de Buenos Aires, que fica no centro do bairro, e as outras crianças acabam atrapalhando os treinos, assim como moradores, comerciantes, a até animais que ficam transitando no campo de terra com pouca qualidade técnica. Mas nem por isso, as meninas desistem de seu sonho, que é um dia jogar futebol profissional em algum clube de primeira linha.

Site oficial do filme!


Kuña, El Machismo Se Hereda (Kuña, O Machismo Se Herda)



    O filme tem direção de Marcos Ramirez, e fala da dura realidade das mulheres paraguaias que sofrem com a violência dos homens.

     Kuña é uma mulher que veio do campo para a cidade, afim de mudar de vida, mas acaba se apaixonando por um homem que lhe promete cuidados, mas no fim passa a sofre nas mãos dele, e toda a violência que ela sofre é vista pelo filho, que é a essência do curta, que tem no título os dizeres "o machismo se herda". Os produtores têm como proposta concientizar a população contra o machismo, para isso exibe ao final do curta números referentes à violência sofrida pelas mulheres paraguaias.

Site oficial do filme!


Marcovaldo




     Marcovaldo é o segundo curta brasileiro concorrente na mostra latinoamericana, e vencedor de Melhor Filme pelo júri popular. Produzido pela Moviola Filmes, de Pelotas-RS. O curta tem duração de 15 minutos e direção é de Cintia Langíe e Rafael Andreazza.

    Sinopse: é um curta-metragem de ficção que narra em 15 minutos as 24 horas na vida de um brasileiro comum. Em tom documental, o filme busca promover a reflexão ao exibir na tela uma realidade que, apesar de cotidiana, nem todos percebem.

     Marcovaldo é um brasileiro humilde, e o filme mostra um dia de trabalho como lixeiro, seu filho joga em um time de juniores e precisa compra um tênis novo para jogar um campeonato, mas as despezas da família não permitem isso. 

Blog do Moviola Filmes 









Nenhum comentário:

Postar um comentário