2011/08/15

Manifestação pró segurança pública


    O Calçadão de Santa Maria há dias vem sendo alvo da marginalidade, o que sempre foi pouco debatido.  Mas desta vez, depois uma briga, a princípio sem motivos claros e a morte de um estudante, a população foi pra rua reinvindicar o seu direito de ter uma segurança pública de qualidade.

    Hoje pela manhã, por volta das 11 horas, um grande grupo de estudantes, de várias instituições de Santa Maria, se reuniu na Praça Saturnino de Brito, onde ergueram seus cartazes de revolta em relação ao assassinato de Angelo Biassi, ele chegava em casa, na Galeria do Comércio, com a namorada quando um assaltante o aborda com duas facadas no peito, na madrugada de domingo.

 Manifestação na Galeria do Comércio (2011/08/15)

    Outra reclamação da população, foi a demora no atendimento por parte do SAMU, que, pelos relatos demorou cerca de 25 minutos para chegar ao local, com certeza, um dos motivos da morte de Angelo, pois foi na ambulância mesmo que ele veio a falecer.

     O que ocorreu hoje na rua Dr. Bozano não foi nada mais que a obrigação da população, que é lutar pela devida utilização das verbas destinadas à segurança por parte dos órgãos públicos. O que sabemos, não ocorre em Santa Maria, não só aqui, mas em todas cidades brasileiras, onde cada vez mais somos afugentados das ruas e praças porque a criminalidade está tomando conta. E creio que a medida imediata para resolver o problema é aumentar o contingente de policiais nas ruas, é o mínimo que as prefeituras têm a fazer no momento.








Nenhum comentário:

Postar um comentário