2011/07/23

Obera en Cortos - Karai Norte


  (Foto: Joelison Freitas, Oberá, Mnes, ARG - 2011-07-12)

     Pra quem não sabe, na semana que passou, eu participei da oitava edição do festival de curtas Obera en Cortos, como expliquei nesse post. E a partir de hoje eu vou postar algumas resenhas sobre os curtas exibidos no festival, os que concorreram na mostra regional, na mostra latinoamericana e também outras produções que foram exibidas no festival. Como o curta que eu vou falar hoje.

Karai Norte (Arribeño del Norte)

     O curta paraguaio de 2009 tem direção de Marcelo Martinessi e foi muito premiado, em vários festivais que concorreu, em todo o canto do planeta. Por isso foi escolhido para abrir o festival, como um carro abre alas de muita importância.

    Ele tem como contexto histórico o fim da guerra civil paraguaia, em 1947. É um encontro entre o guerrilheiro Cuevas, que foi peça importante para o fim da guerra, e uma senhora paraguaia, que mora no meio do nada, no deserto. O encontro se dá quando Cuevas, vindo do norte, pára na casa dela procurando comida, e a partir dai se dá a trama. Ela fora assaltada por guerrilheiros na noite anterior, e levaram suas roupas, e num ato heróico Cuevas parte em busca dos saqueadores e lhe traz de voltas suas coisas.

     As peculiaridades do filme é que a atriz que interpreta a senhora paraguaia é viuva do próprio Cuevas, o que traz legitimidade à história, pois o fato ocorreu mesmo, em 1947. A outra curiosidade é que o idioma do filme é guarani, e na hora da exibição do curta na abertura do Obera en Cortos, houve um engano e todos assistiram sem legenda em espanhol, que para muitos foi muito estranho, pois depois assistimos novamente com legenda, e tudo estava diferente, a perspectiva era totalmente outra.


    Mais informações sobre o curta, como prêmios, elenco e sinopse, acesse o blog oficial do filme, Karai Norte.








Nenhum comentário:

Postar um comentário