2011/05/17

Falta de acessibilidade na UFSM


(Atualizado em 2011/05/19)

Sábado à tarde fui convidado por uma amiga a assistir ao ensaio do Grupo de Dança sobre rodas Extremus, que se realiza no ginásio de musculação do CEFD/UFSM - Centro de Educação Física e Desportos. É desenvolvido pela Prof.ª Dr.ª Mara Rúbia Antunes em conjunto com acadêmicos de diversos cursos, como fisioterapia, educação física, educação especial, psicologia e pedagogia, e tem como objetivo principal a inclusão de crianças com necessidades especiais no mundo da arte, utilizando a dança como agente motivador. O grupo, que já foi até premiado no II Festival Internacional Brasil em Dança (Porto Alegre-2010), faz parte do projeto Dançando Com as Diferenças.


Mas no decorrer do ensaio eu constatei um dos muitos defeitos estruturais da UFSM, principalmente defeito de acessibilidade. Essa porta que estamos vendo é o único acesso à área destinada ao projeto, dentro do Ginásio '2' do CEFD. Só pela foto não é possível dimensionar sua largura, mas em todo momento que era preciso que as crianças se retirassem ou entrassem na seção o transtorno ocorria. Simplesmente, as cadeiras são mais largas do que a porta.

O projeto existe há dez anos, e mesmo assim ainda não houve nenhum tipo de obra no ginásio, para que as crianças possam acessar o local do ensaio com mais tranquilidade, sem todas aquelas manobras que fazem atualmente. Sensibilizado com a dificuldade no acesso eu peço aqui que alguém do CEFD ou do PROINFRA/UFSM - Pró Reitoria de Infraestrutura - abra os olhos para problemas como esse, que tenho certeza que não é singular dentro da instituição. Creio que os coordenadores do projeto tenham o mesmo desejo.

É visível a alegria daquelas crianças quando entram no ginásio, liga-se a música e começa o ensaio, não deixem que nada atrapalhe essa alegria.

 






2 comentários:

  1. Oi Joelison!! Meu nome é Carolina, sou professora, e participo do projeto Dançando com as diferenças. Muito obrigada pelo texto e tentativa de nos ajudar.
    Este projeto e grupo de dança neste ano completam 10 anos!!! Eu participo desde 2008, os problemas são muitos, mas a nossa vontade de trabalhar muito maior...neste ano vai acontecer em Santa Maria o X Campeonato Brasileiro de Dança Esportiva em Cadeira de Rodas, juntamente com este evento teremos um Simpósio e uma Mostra de Dança, esperamos que com este grande evento as autoridades abram os olhos para este problema de acessibilidade!

    ResponderExcluir
  2. Oi Carolina, eu tinha a informação errada de que o projeto tinha apenas 1 ano. Mas que bom que tu corrigiu. Quanto ao campeonato, mande mais informações que farei o possivel para divulgar. E-mail: joelisonfreitas@yahoo.com.br
    Obrigado!

    ResponderExcluir